Como melhorar a flacidez íntima?

 Publicado por: Ricardo Kruse

O passar do tempo faz com que muitas partes do corpo percam a elasticidade devido à diminuição da produção de colágeno entre outros fatores. Além do rosto, regiões mais “escondidas” também sofrem com esse problema, recebendo os mesmos cuidados e possibilidades de tratamento.

As mulheres que possuem flacidez se sentem inseguras, principalmente em momentos íntimos, além de evitarem o uso de roupas justas e biquínis no seu dia a dia

A flacidez na região íntima feminina pode ocorrer devido a diversos fatores, como:

  • Parto natural
  • Atividade física intensa (musculação pesada e crossfit, por exemplo)
  • Falta de exercícios para o assoalho pélvico
  • Perda natural do tônus e da elasticidade, etc.

Essa flacidez acomete principalmente o canal vaginal e os grandes lábios, causando distorção da genitália e alterações nas relações sexuais. A parte externa (vulva) pode apresentar um aspecto enrugado e murcho, decorrente das alterações hormonais, uso de anabolizantes ou emagrecimento, bem como a parte interna (vagina) pode sofrer um alargamento.

Entretanto, há tratamento! A cirurgia de rejuvenescimento íntimo é a melhor opção, podendo ser feita através do estreitamento e retirada do excesso de pele ou preenchimento, feito com aplicações de ácido hialurônico ou com gordura da própria paciente, acabando com a flacidez da região e dando maior sustentabilidade à parede vaginal, gerando maior firmeza e jovialidade.

É importante consultar um especialista antes de optar por qualquer tipo de procedimento estético. Entre em contato com o Dr. Ricardo Kruse e agende a sua consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 2 = 2

Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &