Acabando com o tabu em torno da cirurgia plástica íntima

 Publicado por: Ricardo Kruse
cirurgia plastica intima

Entenda como a cirurgia íntima pode beneficiar sua autoestima e sua vida sexual

Apesar de ainda ser vista como tabu na sociedade, a cirurgia íntima feminina bate recordes de interesse no Brasil. Cada vez mais mulheres buscam a intervenção cirúrgica para mudar a percepção do próprio corpo e melhorar sua vida sexual. Os procedimentos, em geral, são relativamente simples, com um período rápido de recuperação no pós-operatório; e não costumam ter contraindicações.

Alterações nas estruturas anatômicas da região íntima trazem problemas ao cotidiano da mulher. O monte de vênus, por exemplo, pode causar desconforto com o uso de algumas roupas quando é muito volumoso; já o tamanho dos pequenos lábios pode tornar dolorosa a realização de atividades físicas e até mesmo a relação sexual. O lado estético também pesa na autoestima e na saúde mental das mulheres.

A duração da cirurgia depende das especificidades de cada paciente e do tipo de alteração a se corrigir, podendo variar de trinta minutos a duas horas. A recuperação é relativamente rápida e, na maioria das vezes, o retorno às atividades cotidianas acontece em três dias. A retomada das relações sexuais deve acontecer depois de quatro semanas ou de acordo com a orientação médica.

A indicação é de que as cirurgias íntimas estéticas sejam feitas por mulheres que já passaram dos 18 anos, quando há uma maior maturidade emocional e física. Buscar um profissional especializado e de sua confiança é indispensável.

Para saber mais a respeito destes procedimentos, entre em contato com o Dr. Ricardo Kruse e agende a sua consulta.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 9 = 1

Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &