A cirurgia feminina desejada

 Publicado por: Ricardo Kruse

O hímen é uma membrana fina que fica localizada na entrada da vagina e pode ser rompida de diversas formas, mas que ocorre geralmente na primeira relação com penetração. Essa condição de ruptura pode ser revertida ou esteticamente melhorada através de uma cirurgia chamada himenoplastia.

O procedimento pode ser realizado também pode outros motivos como, por exemplo:

• Hímen imperfurado (quando não há orifício);
• Hímen complacente ou cribiforme (quando a ruptura não ocorre durante a relação sexual e causa desconforto, sendo indicada o rompimento cirúrgico);
• Laceração das carúnculas (remanescentes do hímen que ficam com aspecto inestético após a ruptura na primeira relação);
• Reparar a membrana caso a primeira relação tenha sido decorrente de abuso sexual.
• Como “presente” para o parceiro.

Como a cirurgia é feita?

Antes da himenoplastia é importante que o caso da paciente seja avaliado, bem como seu histórico sobre uso de medicamentos, alergias, condições de saúde, etc. Dessa forma, será definida a necessidade de fazer exames pré-operatórios.

O procedimento é realizado em clínica médica, com anestesia tópica ou local, com toda discrição. Os pontos são internos e feitos com fios absorvíveis pelo organismo, de forma que não precisam ser retirados posteriormente. A paciente é liberada no mesmo dia, logo após a cirurgia.

Normalmente, a recuperação é tranquila e sem dores. A paciente deve se preocupar apenas com cuidados básicos de higiene. As atividades de rotina podem ser retomadas no dia seguinte, a prática de exercícios físicos após sete dias e as atividades sexuais depois de 30 dias.

Ficou interessada na himenoplastia? Entre em contato com o Dr. Ricardo Kruse e agende sua consulta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

89 + = 94

   
     
Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &