Clareamento íntimo


O clareamento íntimo é uma técnica que atua nas áreas escurecidas das partes íntimas femininas. Isso inclui grandes lábios, virilha, períneo, ânus, coxas e pequenos lábios. Assim, vai clareando natural e progressivamente através da aplicação de substâncias clareadoras específicas para essa região (peeling).

 

 

Indicações

O clareamento está indicado para aquelas pacientes que apresentam algum grau de escurecimento cutâneo na região íntima. E que, além disso, contrasta com a pele vizinha mais clara. Costuma acontecer, sobretudo, nos casos de pacientes que já gestaram, que usam roupas apertadas ou que costumam atritar a região íntima. Por exemplo, uso de calças jeans, roupas de ginástica, “leggings”, andar de moto, bicicleta, etc.

 

Veja também:

 

Cuidados antes do procedimento

Na consulta pré-operatória é avaliado o caso da paciente e definido o local bem como a extensão da área a ser tratada. Por isso é fundamental conhecermos o histórico da paciente de gestações, uso de medicações, possíveis alergias, problemas de saúde, tabagismo, hábitos cotidianos e atividades físicas, por exemplo. Pois há diversas causam que podem determinar o escurecimento da região íntima. Nesta consulta de avaliação, define-se a necessidade ou não de realizar de exames para avaliar as causas do escurecimento e a indicação do uso de peeling para tratar o caso.

 

Como é feito o clareamento íntimo?

O procedimento é realizado na clínica com a aplicação do peeling em sessões periódicas. Além disso é complementado com a aplicação do creme domiciliar pela própria paciente. As sessões duram em média vinte minutos e a paciente é liberada para suas atividades logo após a aplicação. O tratamento completo requer de quatro a seis sessões.

 

Cuidados após o procedimento

Durante o tratamento é fundamental que a paciente evite roupas ou atividades que, sabidamente, propiciam o escurecimento da região. Como, por exemplo, o uso de roupas apertadas ou atrito na região íntima. Caso a paciente possua algum problema de saúde que curse com escurecimento da região íntima (alterações hormonais, por exemplo), suas causas básicas devem ser diagnosticadas e controladas. Caso haja escurecimento da região depois de obtido sucesso nas sessões de clareamento, a paciente pode se submeter a um novo ciclo de sessões sem problemas. Assim como costuma ocorrer com o clareamento dentário.

Para mais informações preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:

Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &