Orelha Rasgada


O QUE É

A orelha rasgada é um problema estético que pode trazer prejuízos emocionais. O lóbulo da orelha, localizado na região inferior e usado para colocar brincos, é formado por pele e gordura somente. Como não há músculo ou cartilagem, não proporciona maior sustentação.

O furo pode se alongar até que haja um “rasgo”no lóbulo. Isso acontece por características próprias da paciente ou por conta do uso frequente de brincos pesados demais ou alargadores.

 

INDICAÇÕES

Um procedimento chamado lobuloplastia é o mais indicado para correção de orelhas rasgadas. A reconstrução do lóbulo da orelha é indicada, principalmente para pessoas que tiveram seu lóbulo deformado devido ao uso de brincos grandes e pesados ou alargadores.

 

CUIDADOS PRÉ-OPERATÓRIOS

Antes da lobuloplastia, o paciente não deve utilizar medicamentos à base de ácido acetilsalicílico. Esses remédios podem aumentar o sangramento durante o procedimento. Além disso, deve manter os cuidados e a higiene adequada do local no pós-operatório

 

COMO É FEITA A CIRURGIA

A cirurgia de reparação da orelha rasgada é relativamente simples e dura cerca de 30 minutos por lóbulo. A anestesia é local e pode-se realizar uma leve sedação para tornar o procedimento mais agradável à paciente. A reconstrução é feita por meio de pontos internos para dar sustentação e externos para aproximar as bordas da pele. O cirurgião retira parte da pele envolta do rasgo, reavivando as bordas, e em seguida dá os pontos necessários, juntando as duas partes. Em determinados casos, pode haver a necessidade de diminuir o tamanho do lóbulo, principalmente no caso dos alargadores.

A paciente é liberada no mesmo dia e pode retomar suas atividades rotineiras imediatamente.

 

CUIDADOS PÓS-OPERATÓRIOS

O pós-operatório da lobuloplastia não costuma ser dolorido. Caso haja algum desconforto, analgésicos comuns geralmente são suficientes.

O curativo é mantido até a consulta de revisão, com 10 dias da operação, momento no qual se retiram os pontos. Brincos podem ser utilizados somente após 2 meses de operada, mesmo os de pressão. O furo na orelha é realizado na clínica, com anestesia sem agulha e um brinco pequeno da própria paciente.

Para mais informações preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:

Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &