Pequenos Lábios


Os pequenos lábios são os que se situam mais internamente na região íntima e não têm pelos. A labioplastia (ou ninfoplastia) é a cirurgia para diminuir o tamanho dos pequenos lábios vaginais. Além disso, pode tratar também os casos que tenham frouxidão, excesso de pele, assimetria, enrugamento ou coloração escurecida.

 

 

Indicações

Este tipo de cirurgia é recomendada para mulheres que tenham os pequenos lábios desproporcionais ao corpo, maiores do que os grandes lábios. E que, por isso, sintam desconforto ou constrangimento na vida íntima ou ao usar roupas justas como, por exemplo, as de academia, de banho, na praia ou na piscina.

 

Veja também:

 

Cuidados pré-operatórios

A consulta pré-operatória é fundamental para a avaliação do caso. Isso porque, às vezes, as alterações dos pequenos lábios são acompanhadas de outras alterações na anatomia da região íntima. No entanto, são, por vezes, ignoradas por médicos não especialistas e até pelas próprias pacientes. Além disso, a cirurgia deve ser agendada para uma data fora do período menstrual para facilitar os cuidados e, assim, evitar intercorrências. Os exames necessários são os pré-operatórios de rotina (sangue, urina, eletrocardiograma, etc.).

 

Como é feita a cirurgia?

O procedimento pode ser realizado na própria clínica com anestesia local ou então, em casos mais complexos, anestesia peridural ou raquidiana e uma leve sedação em centro cirúrgico. Logo após a marcação das áreas a serem operadas, retira-se o excesso de pele adequando o resultado ao desejo da paciente.

Os pontos são dados internamente e com fios de sutura absorvíveis, por isso não há necessidade de retirá-los. As cicatrizes são praticamente invisíveis por tratar-se de uma região com ótima cicatrização.

 

Cuidados pós-operatórios

O pós-operatório, ao contrário do que se pensa, não é doloroso e, caso haja desconforto, pode ser resolvido com analgésicos comuns. É normal que ocorra algum inchaço que vai diminuindo ao longo do tempo de recuperação.

É possível voltar às atividades cotidianas após três dias, porém esforços físicos devem ser evitados por 30 dias, bem como as relações sexuais.

Para mais informações preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:

Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &