Face


A ritidoplastia é a cirurgia para tratar o envelhecimento da face (“queda”, sobra de pele, etc). Também é conhecida como “lifting facial”. Além disso, pode ser realizado no rosto, bochechas, pescoço, papada, nariz, abaixo das pálpebras (região das “olheiras”), “bigode chinês”, queixo e mandíbula, por exemplo.

 

Indicações da ritidoplastia

Esta cirurgia está indicada para pacientes que, independentemente da idade, se incomodam com rugas, flacidez e excesso de pele na face. E que, por isso, queiram melhorar e rejuvenescer a aparência do rosto.

 

Veja também:

 

Cuidados pré-operatórios

A consulta pré-operatória é realizada de forma a se avaliar o caso e, assim, traçar o plano cirúrgico. Este é baseado nas indicações e queixas da paciente. Nesse sentido, os exames necessários são os pré-operatórios de rotina como, por exemplo, de sangue e eletrocardiograma.

 

Como é feita a ritidoplastia?

A cirurgia é feita com anestesia local e sedação ou anestesia geral a depender do caso. Além disso, as cicatrizes são posicionadas em dobras naturais da face, como atrás das orelhas ou na linha do cabelo. Desse modo ficam bem discretas e praticamente imperceptíveis.

 

Cuidados pós-operatórios

Durante o pós-operatório, a paciente deve evitar atividades físicas nos primeiros trinta dias. Sobretudo, recomenda-se que a paciente durma com a cabeceira da cama elevada. Os pontos, no entanto, podem ser retirados após cinco dias, enquanto as práticas rotineiras podem voltar ao normal após uma semana.

Para mais informações preencha o formulário abaixo e entraremos em contato:

Ricardo Kruse | © Todos os direitos resevados
Desenvolvido por &